sexta-feira, 3 de abril de 2009

Saudades de um olhar que desconheço

sexta-feira, 3 de abril de 2009


A noite de hoje de repente me parece mais fria que de costume, apesar de eu já saber que a temperatura permanece quente como sempre. Então porque essa sensação de vazio por dentro? Porque esse sentimento de que falta algo que eu ainda não sei exatamente o que é?

Sinto saudades de uma tarde ensolarada de verão que eu nunca vivi. Cuja brisa leve e mansa do vento a balançar meus cabelos e embalar meus pensamentos, manifesta em mim um sentimento de felicidade sem explicação.
Saudades de momentos que eu nunca vivi, ao lado de pessoas que eu nunca conheci... De alguém que eu ainda não conheci. Esse alguém c
ujo sorriso as vezes parece pairar sobre a minha mente... Um sorriso torto e largo, de radiantes dentes, dentre lábios finos e entreabertos numa expressão de afeto e segurança. Traçando em seu rosto um contorno de equilibrio perfeito com o contraste de seus olhos, cuja cor eu desconheço... Cujo dono eu desconheço =/
E apesar de não conhecê-lo ainda , um dia eu lhe direi que existo e que me sinto feliz em saber que ele também existe *-* . Mas, enquanto esse dia não chega, me pego constantemente sentindo saudades dessa época em que eu não estive, e que me traz recordações as quais nunca vivi.

Me sinto só, apesar de estar rodeada de tantas e tantas pessoas durante 99% do meu dia. O que me fez lembrar de repente do trecho de uma música do CPM22, que diz:

"Me sinto só, mas quem é que nunca se sentiu assim? Procurando um caminho pra seguir, uma direção... Respostas!"

"Respostas" .... Eu sequer sei quais as perguntas, no entanto tenho grande ansiedade pelas respostas. Mas turbilhões de pensamentos me surpreendem ultimamente... S
erá que ao menos metade (da metade) desses 99% de pessoas que acompanham meu dia me dedicam uma amizade sincera? Eu sei que amigos verdadeiros, são poucos (muito, muito poucos!), e sinto a falta deles, já que se encontram distantes de mim, uns fisicamente, outros por falta de tempo e por nossos horários simplesmente não se baterem mais. Os outros (com exceção de alguns cuja sinceridade transparece em seus olhos quando estão ao meu lado) são meros espectadores que observam minha vida a distância. Uns com receio de tentar uma amizade sólida, outros com uma "amizade" que me inspira desconfiança... Mas não generalizo e nem estou aqui para julgar.
Apesar de tudo, ainda acredito nas pessoas (erroneamente ou não), ainda acredito no amor (apesar das muitas decepções que vivi e que ainda me impõem o medo de amar), ainda acredito que no final tudo vai dar certo, se não deu certo, é porque o final ainda não chegou (Porém, estaria ele mais próximo agora que outrora?).
Só não acredito em duendes, bruxas e no salário mínimo também, é cláro!

6 Pensamentos:

X-Tina disse...

Parabéens pelo seo blog, taá lindo' *-*

Sorte para noós!

http://x-tinabitch.blogspot.com/

Ana Paula disse...

Olha Bia...^^
Vc fez um blog!*_*
E vc escreve muito bem, adorei...=)
Eu tmb espero encontrar um cara assim como vc descreveu...E amigos...As pessoas ás vezes são estranhas, mas tudo tem um motivo e quando ela estão distantes nem sempre significa q n são verdadeiras com a gente.

Universo da Fênix disse...

Post de mto significado, parabéns. Sucesso.

luiz disse...

muito bom o seu blog gostei
^^

se puder
http://sonabrisa.nomemix.com/

x3 disse...

Parabéns, parabéns e parabéns .
Teu blog é lindo bonitas palavras.
http://x3crise.blogspot.com/

Andressa disse...

1º amei o nome do teu blog, me identifiquei d+
2º esse texto é ótiimo, perfeito.
Considero essa música do CPM, a música da minha vida!!

Beijo
Te linkei no meu blog!

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário. Volte sempre! :)

Páginas

Momento Reflexão

Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente
A gente muda o mundo na mudança da mente
E quando a mente muda a gente anda pra frente
E quando a gente manda ninguém manda na gente

Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura
Na mudança de postura a gente fica mais seguro
Na mudança do presente a gente molda o futuro

(Gabriel Pensador/Até Quando)
 
Navego, logo existo ! © 2008. Design by Pocket